quarta-feira, 20 de março de 2013

Presidente de Israel diz que confia em Obama para deter Irã nuclear

O presidente de Israel, Shimon Peres, disse hoje (20) que confia na política de Barack Obama para conter o avanço nuclear do Irã. A frase foi dita após a primeira reunião durante a visita do colega americano ao Estado judaico, a primeira desde que assumiu, em 2009.
A declaração quebra o discurso defendido por Israel, que critica as negociações com a República Islâmica e considera que o enriquecimento de urânio iraniano avança enquanto as potências tentam negociar de forma diplomática. Os israelenses defendem uma intervenção militar para evitar o risco de uma bomba atômica.

Peres disse que Obama, a quem chamou de "querido amigo", tem uma visão para a região que pode ser alcançada, especialmente na questão de segurança. Também agradeceu pela "visão que pode trazer a paz mais próxima tão cedo quanto for possível".
Segundo ele, o maior perigo que o mundo enfrenta hoje é a ameaça nuclear do Irã, e que confia nos esforços do país para freá-la, e dos palestinos Hamas e do grupo libanês Hizbollah.
A respeito da disputa territorial com os palestinos, Peres disse esperar que as negociações possam ser retomadas em direção ao objetivo de "dois Estados para dois povos", pois não há objetivo "mais próximo ou mais alcançável".

"A paz não é um desejo, mas uma possibilidade e não há melhor líder para tornar isso possível. É um passo histórico nesta direção", disse, se referindo à visita do presidente americano.
Ele comentou também o conflito na Síria, dizendo que, apesar de sua capacidade nuclear ter sido destruída, o arsenal químico ainda é uma ameaça, que "não pode chegar às mãos dos terroristas nesta tragédia épica".

Obama
O discurso de Obama, mais curto, lembrou de sua primeira visita a Israel, ainda como senador. Disse ser ótimo estar de volta, e elogiou Peres como "um filho de Israel que dedicou sua vida ao país".

Segundo Obama, a paz é um trabalho de gerações, que não pode ser feito sem olhar para as pessoas mais jovens.


"Os sonhos destas crianças são os sonhos das crianças de todo o mundo", disse Obama. "Eles querem estar seguros, livres de foguetes que atingem suas casas e escolas", disse.
Ele disse ainda que Peres é um político prático e com bons conselhos para resolver os problemas da região e que ele não terá melhor amigo que os EUA para buscar soluções de segurança, paz e prosperidade para a região.

Obama chegou a Israel hoje para uma visita de quatro dias. O presidente americano visitará a Cisjordânia, além de ao Yad Vashem (memorial global do Holoconto) e ao Museu de Israel, onde Obama verá os manuscritos do mar Morto.

Ele não fará um discurso ao Parlamento, porém. Em vez disso, conversará com estudantes universitários, amanhã, no que deve ser o ponto alto de sua visita. Na sexta-feira, Obama segue rumo à Jordânia, onde deve se encontrar com o rei Abdullah e visitar as ruínas de Petra.
fonte:http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/conteudo.phtml?tl=1&id=1355418&tit=Presidente-de-Israel-diz-que-confia-em-Obama-para-deter-Ira-nuclear

Um comentário: